Províncias

Analfabetismo tem de ser combatido

João Salvo |Saurimo

O vice-governador em exercício na Lunda-Sul, Domingos Kajama, pediu o empenho das mulheres da província na sensibilização para o combate ao VIH/Sida, paludismo e ao analfabetismo.

O vice-governador em exercício na Lunda-Sul, Domingos Kajama, pediu o empenho das mulheres da província na sensibilização para o combate ao VIH/Sida, paludismo e ao analfabetismo.
Segundo o responsável, é preciso que as mulheres apostem cada vez mais na elevação dos níveis académico e profissional para melhor contribuírem para a vida política, económica e social do país. O governante, que elogiou o empenhamento da mulher na entrega aos desafios que o país enfrentou nos últimos anos, disse ainda que perante a tarefa de reconstrução, compete aos camponeses garantirem fartura de alimentos, para anularem de forma gradual a fome e a miséria.
Na mesma cerimónia, que marcou a celebração do Dia Internacional da Mulher, a directora provincial da Família e Promoção da Mulher, Maria Peso Kambolo, pediu às mulheres que continuem a combater a violência doméstica. Esta direcção provincial procedeu ainda à entrega de um donativo a 24 famílias expulsas da República Democrática do Congo, composto por quantidades não reveladas de óleo, arroz, fuba de milho, peixe seco e roupa usada.
O vice-governador Domingos Kajama entregou, por seu turno, um enxoval para um bebé nascido no dia 8 de Março, criança que foi baptizada com o nome do referido governante.

Tempo

Multimédia