Províncias

Área da Educação está a necessitar de mais docentes

O director provincial da Lunda-Sul da Educação, Ciência e Tecnologia, Isaías Filipe Sacagima, informou quarta-feira em Saurimo que o seu sector perspectiva integrar 1.708 novos professores, para a melhoria da qualidade do ensino.

O responsável disse à Angop que esta acção visa minimizar o défice de professores a nível da região, sobretudo nas aldeias mais distantes das sedes municipais. 
As administrações já estão a trabalhar de forma a criarem condições de alojamento e transporte para os professores que se deslocarem da sede da província (Saurimo) para os outros municípios, comunas, aldeias e bairros. 
“Além da admissão de novos professores, também vamos redimensionar melhor aqueles professores que temos em várias escolas, sobretudo os que têm menos tempo lectivo, visto que cada docente deve ter por regra 24 a 20 tempos e temos professores com três a quatro tempos semanais, o que tem dificultado o cumprimento do plano de aulas”, asseverou.
Entre as prioridades do sector, constam também a formação permanente de supervisores pedagógicos e professores, aumento de inspectores, aumento de salas de aulas, inserção de mais alunos no sistema normal de ensino e aprendizagem, entre outras acções que visam melhorar a qualidade de ensino na região. A província conta actualmente com 3.339 professores e 863 salas de aulas.

Tempo

Multimédia