Províncias

Bairros periféricos à espera de condições

Kamuanda Júlia

As condições de habitação e de acesso a vários serviços nos bairros  Txizaínga II, Terra Nova e  Candembe, na parte suburbana da cidade de Saurimo,  preocupam as autoridades governamentais da província da Lunda-Sul.

Governador ausculta dificuldades da população da periferia
Fotografia: Kamangua Júlia| Saurimo | Edições Novembro

No bairro Txizaínga II,  integrado no roteiro da visita de campo encabeçada pelo governador Ernesto Kiteculo,  que interagiu com a população, constatou-se um caso de anemia severa, associada à hidrocefalia, numa criança de quatro meses de vida. Aflitos por falta de recursos, os pais do pequeno Rosário Muteba pediram apoio ao governo.
Carlos André, morador no bairro Txizaínga II há mais de 25 anos, reconhece desordem na construção de moradias no bairro, cujos habitantes queixam-se também da falta de energia eléctrica e de água potável.
Elisabeth Pedro, encontrada na rua com três barris de l00 litros, disse que estava desde às quatro da manhã à espera de cisternas para adquirir água.
Disse que a procura “é cada vez mais acentuada, porque a água tirada num dos rios, localizado a dois quilómetros, é imprópria para o consumo.” Para contrapor a situação de doenças como a anemia e a malária, a directora do Gabinete Provincial da Saúde, Maria Dina Segunda, sublinhou a necessidade de o governo traçar estratégias para melhorar a qualidade de vida das famílias do referido bairro, a maior parte delas em situação de vulnerabilidade e com muitas crianças desnutridas. Maria Segunda defende a distribuição de imputes agrícolas, para garantir a auto-suficiência.
Acrescentou que o sector da Saúde tem em carteira uma série de acções, ligadas ao programa de fumigação, mobilização social e distribuição gratuita de mosquiteiros, para mitigar as dificuldades da população.
O director provincial da Energia e Águas, Piedade Jaime, garantiu que está a ser identificada uma área para a construção imediata de um sistema de abastecimento de água.
Pretende-se também melhorar o fornecimento de energia, depois da conclusão, este ano, das centrais térmicas de Txicumina e Nhama, de 19 e 20 megawatts, respectivamente.
Segundo o administrador municipal de Saurimo, Daniel Félix, decorre, desde Maio último, o processo de loteamento no bairro Luar, para o realojamento das famílias que vivem em zonas de risco. Está também em curso a segunda fase de asfaltagem de 15 quilómetros das ruas dos bairros Terra Nova, Txizaínga e Luavur.

Tempo

Multimédia