Províncias

Banco Nacional promove cursos para a juventude

Adão Diogo| Saurimo

A necessidade de implantar uma cultura de poupança financeira norteou ontem, em Saurimo, a divulgação de estratégias traçadas pelo Banco Nacional de Angola (BNA), em parceria com o Ministério da Educação, para  implementação  nos curricula escolares conteúdos de um projecto denominado Literacia Financeira.

A técnica do departamento de educação financeira do BNA Creusa Branco disse que os esforços da instituição visam elevar os conhecimentos  dos cidadãos sobre comportamentos e decisões correctas na gestão do dinheiro ganho, a fim de criarem factores de tranquilidade social e desenvolvimento económico.
Figuram no grupo alvo definido pelo projecto, efectivado inicialmente nas províncias de Luanda, Lunda Sul, Namibe e Zaire, estudantes da 7.ª até 10.ª classes, e professores do segundo ciclo do ensino secundário, com agregação pedagógica de “bom desempenho profissional”,  e que leccionam as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Inglês e Francês.
Ao dissertar para uma plateia constituída  por estudantes do Instituto Médio Politécnico, Creusa Branco falou do conceito de Literacia Financeira, Orçamento, Poupança, decisões de compra e cuidados ao comprar, acentuando a importância do  registo de despesas para configurar um quadro que permita planear, reajustar os gastos necessários, e evitar dívidas.
Creusa Branco acentuou que poupar significa “gastar menos do que ganhamos” para realizar os sonhos. Entre as causas do insucesso de na poupança, apontou a cultura do consumo excessivo, resultante da compra  por impulso e vaidade.

Tempo

Multimédia