Províncias

Cacolo tem mais infra-estruturas sociais

Kamuanga Júlia e João Salvo | Saurimo

Várias infra-estruturas sociais, como escolas do primeiro ciclo, sistemas de abastecimento de água, posto de saúde, jangos comunitários e casas para sobas, técnicos da Saúde e da Educação foram ontem inaugurados nas localidades de Muhesse, Tchapembe, Txizeca e Zovo, do município de Cacolo, a 200 quilómetros da cidade de Saurimo, na Lunda Sul.

Os empreendimentos, construídos no âmbito do Programa de Investimentos Públicos, foram inaugurados pela governadora da Lunda-Sul, Cândida Narciso. Na sede municipal de Cacolo, a população ganhou igualmente uma sala multiusos, com capacidade para mais de 200 pessoas, e uma sala de informática, com dez computadores ligados à Internet, além de dez casas evolutivas.
Em todas as localidades visitadas a população enalteceu os esforços do Executivo, pela execução de projectos que visam melhorar a qualidade de vida em comunidades do meio rural, cujos habitantes percorriam longas distâncias em busca de assistência médica, água potável e acesso à educação.  A população da região pediu chapas de zinco, alfaias agrícolas para aumentar a produção e reabilitação de vias de acesso a fim de facilitar o escoamento de produtos do campo e contribuir para a diversificação da economia, além de material desportivo, para massificar o desporto nas escolas.
A governadora Cândida Narciso pediu a conservação dos equipamentos, para incentivar o governo a levar novas infra-estruturas de impacto social a outras localidades que ainda não beneficiaram e reiterou a necessidade dos pais apostarem na educação dos filhos, a fim de contribuírem para a redução do números de crianças fora do sistema de ensino.

Tempo

Multimédia