Províncias

Centenas de alunos foram matriculados em instituto superior

Flávia Massua | Saurimo

O Instituto Superior Politécnico (ISP) da Lunda-Sul, afecto à Universidade Lusíada de Angola (ULA), iniciou segunda-feira a sua actividade em Saurimo, com 600 estudantes matriculados nos cursos de Direito, Economia, Gestão de Recursos Humanos e Psicologia.

A abertura foi feita pela governadora provincial, Cândida Narciso, que sublinhou a importância da formação de quadros competentes para os desafios da reconstrução do país em diversos domínios.
A governadora definiu a instalação do Instituto Superior em Saurimo como um factor dinamizador do desenvolvimento da província.
Na oração de sapiência, o reitor da ULA, Mário Pinto de Andrade, apelou à responsabilidade e coragem dos estudantes, para honrarem os compromissos assumidos e, por mérito próprio, alcançarem a excelência, evitando a cábula e outros actos que mancham o seu curriculum.
O reitor exortou a direcção e o corpo docente da instituição a manterem as condições técnicas, materiais e científicas da instituição e lembrou que os sacrifícios representam “raízes amargas”, das quais resultam “frutos doces”.
A abertura do ISP/Lusíada na província da Lunda-Sul constitui o quarto passo na expansão da Universidade para o interior do país, depois de Cabinda, Benguela e Huambo.

Tempo

Multimédia