Províncias

Chahungo tem viveiro de plantas

João Salvo | Saurimo

O Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) criou um viveiro com mais de 70 mil plantas em Chahungo, arredores do aeroporto de Saurimo, para combater a desflorestação, desertificação, ravinas e a acção dos ventos.

Vão ser criados novos polígonos florestais
Fotografia: Jornal de Angola

O Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) criou um viveiro com mais de 70 mil plantas em Chahungo, arredores do aeroporto de Saurimo, para combater a desflorestação, desertificação, ravinas e a acção dos ventos.
A plantação de fruteiras, eucaliptos e acácias consta da estratégia de combate aos fenómenos acima referidos e revestir as zonas urbanas, vítimas da desflorestação.
Afonso Maquecha, do IDF, garantiu que esta acção visa preparar as condições para repor e  a criar novos polígonos florestais a nível da capital da Lunda-Sul e nas zonas do interior.
Estes polígonos vão controlar o impacto dos ventos, a progressão de ravinas e diminuir os níveis de poluição, disse o responsável, que apontou a existência de limitações de mão-de-obra, por parte da instituição, para agilizar o trabalho. 
O responsável do IDF elogiou a comparticipação de jovens afectos a distintas associações filantrópicas em várias campanhas de plantação de árvores, que o sector tem promovido, sobretudo na época chuvosa.

Tempo

Multimédia