Províncias

Crescimento de Saurimo em seminário

Flávia Massua e João Salvo | Saurimo

O vice-governador provincial da Lunda-Sul para a área social, Abreu Manaça, destacou na terça-feira, em Saurimo, a importância dos programas destinados a melhorar as condições de vida dos munícipes.

Ao falar durante o primeiro colóquio sobre o plano de desenvolvimento de Saurimo para o período 2013/2017, no quadro dos 58 anos da sua ascensão à categoria de cidade, Abreu Manaça disse ser obrigação de todos os agentes redobrarem esforços para o desenvolvimento da capital provincial.
Pediu, por isso, aos munícipes para fazerem uma utilização racional dos equipamentos técnicos disponíveis na cidade, para o benefício da população local e das pessoas que se deslocam à chamada “cidade diamante”. O colóquio recomendou a mobilização de agentes públicos e privados para a sua participação activa e sustentada na concretização das políticas de urbanização e habitação, o aperfeiçoamento dos grupos fiscais na avaliação credível de novos bairros, e a distribuição de lotes, de acordo com os padrões urbanos.
Foi recomendada, igualmente, a contratação de mais técnicos qualificados para os sectores da Saúde e Educação, assim como a definição de uma melhor estratégia de abastecimento de energia e água à cidade e zonas periféricas.
O conselho provincial de auscultação e concertação social da Lunda-Sul defendeu, na terça-feira, a recuperação das vias de acesso ao interior, para garantir conforto e comodidade às populações e impulsionar o desenvolvimento das comunidades rurais. Durante um encontro em Saurimo, os membros deste fórum inteiram-se do plano de desenvolvimento para o período 2013/2015, que prevê a construção de escolas, centros e postos de saúde em todas as localidades da província. O encontro a­preciou ainda a proposta do sistema informático do Programa de Investimento Públicos (SIPIP) para 2014 e o processo de inscrição dos funcionários públicos no Instituto Nacional de Segurança Social.A presidente do Conselho de Auscultação, Cândida Narciso, reiterou a necessidade do empenho das forças vivas da província, a fim de contribuírem para o incremento dos programas de combate à pobreza e diminuição das assimetrias.

Tempo

Multimédia