Províncias

Cursos de formação garantem emprego

Flávia Massua | Saurimo

Ao todo, 400 jovens formados no Centro Integrado de Formação Profissional do Saurimo, nas áreas de electricidade, construção civil, corte e costura e hotelaria, conseguiram, no ano passado, o primeiro emprego.
 

Ao todo, 400 jovens formados no Centro Integrado de Formação Profissional do Saurimo, nas áreas de electricidade, construção civil, corte e costura e hotelaria, conseguiram, no ano passado, o primeiro emprego.
Os jovens, disse, ao Jornal de Angola, o director do Instituto de Emprego e Formação Profissional, Paulo D’Hival, conseguiram os empregos graças a convénios assinados entre a entidade formadora e os empregadores.
Paulo D’Hival anunciou o início de um programa de formação semestral, com 250 jovens. que vão frequentar cursos de electricidade, serralharia, corte e costura, alvenaria, canalização, inglês, formação bancária e frio industrial.
Aquele responsável lamentou que os cursos, na sua maioria, sejam pouco frequentados por jovens do sexo feminino, que optam, quase sempre, pelo o de corte e costura por acharem que os outros são mais adequadas para homens.
A escassez de matérias-primas é outra das preocupações de d’Hival, o que obriga a instituição a recorrer regularmente ao mercado informal para assegurar as aulas práticas.

Tempo

Multimédia