Províncias

Defendida na Lunda-Sul criação de micro empresas

Kamuanga Júlia | Saurimo

A directora em exercício da Família e Promoção da Mulher na província da Lunda-Sul exortou, sábado, em Saurimo, as mulheres a apostarem na formação para combater o analfabetismo e criarem pequenas empresas para melhorar as condições de vida das famílias.

A directora em exercício da Família e Promoção da Mulher na província da Lunda-Sul exortou, sábado, em Saurimo, as mulheres a apostarem na formação para combater o analfabetismo e criarem pequenas empresas para melhorar as condições de vida das famílias.
Laurinda Lemessa, que falava durante a apresentação do programa comemorativo do “Dia Internacional da Mulher”, a assinalar-se a 8 de Março, destacou a organização das mulheres da província em associações e cooperativas de camponeses para manter a estabilidade económica nos lares.
Constam do programa visitas ao lar de terceira idade em Saurimo, deslocação a comuna de Mona Quimbundo para a divulgação da Lei Contra a Violência Doméstica, campanhas de plantação de árvores e capacitação de mulheres líderes e empresariais.
Participaram no encontro membros de diversas associações femininas da Lunda-Sul.

Tempo

Multimédia