Províncias

Dezenas de doentes foram às consultas

Flávia Massua| Saurimo

Técnicos da Organização Não Governamental Solidariedade Visual Sole, da Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola (IEIA) diagnosticaram e trataram mais de 200 pacientes com dificuldades visuais, na cidade de Saurimo.

Técnicos da Organização Não Governamental Solidariedade Visual Sole, da Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola (IEIA) diagnosticaram e trataram mais de 200 pacientes com dificuldades visuais, na cidade de Saurimo.
De acordo com o especialista em oftalmologia Estêvão Collins, o trabalho permitiu realizar 22 microcirurgias a pacientes afectados por catarata e a superação de outros transtornos do foro visual.
Estêvão Collins expressou a sua insatisfação por constatar a existência de muitas crianças atingidas pelo sarampo, que considera um factor “estrangulador no funcionamento do sistema visual”.

Tempo

Multimédia