Províncias

Falta de logística adia a campanha na Lunda Sul

João Salvo | Saurimo

A campanha de vacinação animal, programada para Maio, na província da Lunda Sul, continua sem data, por falta de logística para apoiar os técnicos, revelou NA terça-feira, em Saurimo, o chefe do Instituto de Serviços de Veterinárias (ISV).

António Chiteca avançou que o atraso na disponibilização de verbas pelas estruturas do governo, para apoiar a logística dos técnicos, concorreu para que o início da campanha fosse adiado.
O essencial para o programa, como vacinas, transporte e constituição de equipas, está criado, o que garante uma cobertura calculada em 28.500 animais, entre bovinos, caprinos e animais de estimação, garantiu. Apesar disso, os demais meios essenciais para apoiar as equipas continuam sem solução, o que tem impedido o arranque da campanha de vacinação contra a peripneumonia contagiosa, dermatite nodular, carbúnculos hemático e sintomático, peste dos pequenos ruminantes e raiva.
No domínio da formação, mais de 20 técnicos aperfeiçoam, desde terça-feira, os conhecimentos sobre piscicultura, num seminário de formação.
O chefe de departamento de Pescas  disse que a iniciativa vai dotar os técnicos e criadores de peixe dos conhecimentos indispensáveis ao exercício das suas actividades. Na formação,  estão a discutir temas com noções de aquicultura, os seus objectivos e importância, como desenhar e preparar um tanque antes de pôr o peixe.

Tempo

Multimédia