Províncias

Funcionários devem pautar por postura de boas regras

Flávia Massua| Saurimo

A governadora da Lunda Sul exortou quinta-feira, em Saurimo, os directores provinciais, administradores municipais, chefes de departamento e de secção de diferentes sectores públicos da província a pautarem por uma postura assente nas regras e princípios de bom funcionamento, para garantir um atendimento adequado aos cidadãos e ao mesmo tempo enriquecerem as suas capacidades intelectuais.

Cândida Celeste, que discursou na abertura de um seminário, promovido pelo Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), subordinado ao tema “A valorização do serviço público”, afirmou que os servidores públicos representam o alicerce, junto dos organismos, para tornar uma província, Estado ou nação, num pilar que permita garantir conforto aos cidadãos que geralmente acorrem aos serviços públicos.
A governante salientou que o esforço, dedicação e o trabalho de milhares de servidores públicos têm sido alvo de reconhecimento constante, através de promoções e outros incentivos que motivam a eficiência e um ambiente salutar no local de trabalho.
A governadora apelou aos participantes para uma profunda reflexão sobre a valorização, na perspectiva de garantir os direitos dos administrados, cada vez mais exigentes, tornando viável o equilíbrio entre os direitos, deveres e as prerrogativas da administração pública.
“Devemos, com profundidade, avaliar as maneiras de viabilização do cumprimento eficaz do princípio da eficiência da administração pública e sua importância, a partir da constitucionalidade, para que se encontrem soluções adequadas, a fim de prestigiar o seu trabalho”, exortou Cândida Narciso.
A valorização dos serviços públicos passa pela criação de programas e actividades que reconheçam o seu potencial, estimulem a sua criatividade e proporcionem o bem-estar no trabalho, buscando singulares acções que promovam um ambiente de trabalho decente, de inovação e eficiência, para a obtenção de resultados e metas preconizadas, concluiu a governador a da Lunda Sul.

Tempo

Multimédia