Províncias

Funcionários públicos têm crédito

João Salvo| Saurimo

O Governo da Lunda Sul e o Banco de Fomento Angola (BFA) assinaram em Saurimo um protocolo que visa incentivar os funcionários públicos a receberem os seus salários naquela instituição bancária a fim de beneficiarem de crédito pessoal e de outros produtos financeiros.

Presidente do BFA Emílio Pinheiro
Fotografia: ANGOP

O protocolo foi assinado pela governadora da Lunda Sul, Cândida Narciso, e pelo presidente do conselho de administração do BFA, Emílio Pinheiro, durante uma cerimónia que decorreu no Salão Nobre do Governo Provincial, testemunhada por membros do governo e responsáveis locais da instituição bancária.
A governadora da Lunda Sul, Cândida Narciso, louvou a iniciativa do BFA e sublinhou
os benefícios do protocolo na mitigação das dificuldades financeiras dos funcionários públicos e de outros clientes.
Durante a sua visita de 72 horas à província da Lunda Sul, o presidente do conselho de administração do BFA, Emílio Pinheiro, dirigiu uma reunião em que participaram responsáveis de todo o país da  área comercial da instituição, durante a qual foram analisadas as actividades desenvolvidas durante o ano passado e perspectivadas novas
acções para o ano em curso.
No quadro da sua responsabilidade social, o BFA doou dois cheques de seis milhões  e de 2, 5 milhões de kwanzas e outros bens materiais compostos por um tractor, um gerador, material didáctico e desportivo e electrodomésticos aos lares de crianças, nomeadamente, o 1 de Dezembro e S. João de  Calábria, este último da Igreja Católica.
Em nome dos beneficiários, o arcebispo de Saurimo, D. José Manuel Imbamba, que este mês completou 50 anos e foi felicitado pela governadora da Lunda Sul e amiga de longa data, agradeceu a iniciativa do BFA, sublinhando que vai contribuir para a sustentabilidade do lar.

Tempo

Multimédia