Províncias

Hidroeléctrica de Chihumbwe com obras aceleradas

João Salvo e Flávio Massua| Saurimo

As obras de reconstrução do aproveitamento hidroeléctrico de Chihumbwe, no município de Dala, a cerca de 160 quilómetros de Saurimo, decorrem a ritmo acelerado, garantiu ontem a chefe da Ango-projectos, empresa fiscalizadora da empreitada.

Estão a ser criadas as condições para que os habitantes das cidades de Saurimo e do Luena tenham mais energia eléctrica
Fotografia: Daniel Benjamim

Ana Bela salientou que, em função do andamento dos trabalhos, as obras devem terminar dentro de três anos, como previsto no contrato entre as autoridades governamentais e a construtora.
As obras do empreendimento, com capacidade para produzir 12.42 mega watts de energia, para beneficiar a sede do município do Saurimo e a cidade de Luena, província do Moxico, tiveram início em Junho deste ano.
Nesta fase, decorrem os trabalhos de construção do muro de inundação, para permitir a colocação das fundações do edifício da central. Posteriormente, vão ser construídos os muros das margens esquerda e direita, e desenvolvidos trabalhos de reparação do betão, comportas e guichés nas estruturas existentes, para garantir o normal funcionamento da central. Os trabalhos da hidroeléctrica permitiram a criação de mais de 70 postos de trabalho directos para angolanos e chineses.
O administrador municipal de Dala, António Muvundeno, salientou que a conclusão do referido empreendimento vai ajudar a impulsionar o desenvolvimento do município.

Novas salas de aulas

O sector da Educação na província da Lunda Sul conta, a partir do próximo ano lectivo, com 120 novas salas de aulas para o primeiro nível e ensino médio, em construção em todos os municípios. O director provincial da Educação, Isaías Felipe Sacajima, anunciou que as obras estão quase concluídas.
A par do aumento de espaços para absorver o crescente número de alunos estão também a ser criadas condições para a abertura dos cursos de Electromecânica, Biologia, Minas, Saneamento e Tratamento de Resíduos, Energias Renováveis e de Educação Física, a serem ministrados por professores seleccionados que, a partir de Novembro, frequentam um curso de actualização de conhecimentos na província do Huambo, segundo do director provoncial da Educação.

Tempo

Multimédia