Províncias

Hospital Geral tem condições para conservar os cadáveres

Kamuanga Júlia | Saurimo

A morgue do Hospital Geral da província da Lunda-Sul, na cidade de Saurimo, já está em funcionamento, depois de uma paralisação de mais de sete dias, por motivos técnicos.

Fotografia: Edições Novembro

Segundo o director do hospital, Simão Txonzo, “os trabalhos de manutenção realizados por técnicos vindos de Luanda permitiram a substituição da placa de refrigeração”.
A paralisação, segundo Simão Txonzo, obrigou a que alguns familiares enterrassem os corpos dos seus ente -queridos em menos de 24 horas e outros a recorrerem ao Hospital Militar, para a conservação de cadáveres.
A morgue do Hospital Geral da Lunda-Sul existe há mais de 20 anos e está a ser reabilitada e ampliada, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos.
Para o director do Gabinete Provincial de Infra-estruturas e Serviços Técnicos, Cláudio Pemessa, o grau de execução da empreitada,iniciada em Janeiro, representa 30 por cento do total.

Tempo

Multimédia