Províncias

Inauguração da estrada entre Saurimo e Muriege

A estrada que liga a cidade de Saurimo à comuna de Muriege e à sede do município do Muconda foi inaugurada, na terça-feira, pelo ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, Afonso Pedro Canga.

A estrada que liga a cidade de Saurimo à comuna de Muriege e à sede do município do Muconda foi inaugurada, na terça-feira, pelo ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, Afonso Pedro Canga.
O troço é um complemento da Estrada Nacional 230, que começa em Luanda, passando por Ndalatando e Malange, e termina no município do Luau, no Moxico, estabelecendo as ligações transfronteiriças com a República Democrática do Congo.
A reabilitação do troço, além de permitir maior segurança e comodidade à ligação entre Saurimo e as sedes da comuna do Muriege e do município do Muconda, vai promover as trocas comerciais, o escoamento de produtos agrícolas e atrair mais investimentos.
O ministro recordou que a inauguração da estrada é mais um ganho para o povo angolano, em especial o da Lunda-Sul, dos 35 anos de Independência Nacional e que vai contribuir no desenvolvimento socioeconómico da província, principalmente na circulação de pessoas e bens. O relatório da direcção-geral do Instituto Nacional de Estradas refere que a empreitada tem uma extensão de 191 quilómetros e que as obras, iniciadas em Novembro de 2007, estão orçadas em 160 milhões de dólares.
As principais intervenções, sublinha o documento, tiveram o objectivo de alterar a estrada antiga – com oito metros de plataforma e revestimento em tratamento superficial duplo – para um perfil transversal ajustado a uma base de, pelo menos nove metros de largura em toda extensão, com uma faixa de rodagem constituída por duas vias com 3,5 metros cada e bermas de um metro em ambas as margens.
 A estrutura do pavimento é composta, na generalidade, por uma base reciclada, com a incorporação de material natural e britado com 15 centímetros de espessura e revestida com uma camada de desgaste de quatro centímetros de betão betuminoso, convenientemente projectada para atender a capacidade de suporte adequada ao tráfico que se prevê vir a ter a estrada e de uma superfície regular que garanta a segurança e conforto dos utentes.
No âmbito das comemorações do aniversário da Independência Nacional, assinalado quinta-feira, foram inauguradas pelo ministro da Defesa Nacional, Cândido Pereira Van-Dúnem, 11 pontes e mais 150 quilómetros da Estrada Nacional 240, que liga a localidade do Biula no Dala, na Lunda-Sul, ao Luau.
A  governadora da província da Lunda-Sul, Cândida Narciso, disse que estas inaugurações são de “importância incomensurável por se tratarem de um ganho maior, que possibilita a livre circulação de pessoas e bens, o escoamento do produtos do campo para os principais mercados, contribui no desenvolvimento da economia” da Lunda-Sul e do Moxico e possibilita transacções com a Zâmbia e República Democrática do Congo.

Tempo

Multimédia