Províncias

Inaugurado condomínio agro-florestal

Um condomínio agro-florestal foi inaugurado sábado na localidade de Muazanza, município de Muconda, 191 quilómetros a oeste de Saurimo, pela governadora provincial da Lunda Sul, Cândida Narciso.

O empreendimento, de iniciativa público-privada, está instalado numa área de 20 mil hectares e comporta 32 fazendas privadas de diferentes dimensões que vão plantar eucaliptos, associado à actividade agrária e pecuária. Com a empresa, que gerou 62 postos de trabalho para jovens, os investidores pretendem estabelecer actividades no domínio da hotelaria e do turismo, bem como a criação de peixes.
Cândida Narciso destacou na ocasião as vantagens do empreendimento, por constituir um espaço  de grande utilidade. “Com este empreendimento, a vila de Muazanza vai transformar-se numa grande vila. Isto só é possível graças à implantação deste projecto”, afirmou a governadora, sublinhando que o investimento representa uma grande oportunidade para os jovens conseguirem o seu primeiro emprego e melhorarem a qualidade de vida.
“O eucalipto é uma planta que no mundo tem muita procura, é a matéria-prima fundamental para a celulose, que é a base para a produção do papel”, destacou Cândida Narciso. Por sua vez, o presidente do conselho de gestão da “Gestagro”, Manuel Alexandre, parceira no projecto, disse que o empreendimento é auto-dirigido e auto-financiado e tem por objectivo comercializar parcelas de terra para os empresários para começarem a desenvolver a agricultura.
O lançamento do condomínio foi testemunhado pelo presidente do Instituto Nacional das Pequenas e Médias Empresas (INAPEM), António Assis, e técnicos do Ministério do Ambiente.

Tempo

Multimédia