Províncias

Interrompida circulação entre Saurimo e Cacolo

Adão Diogo | Mona Quimbundo

A ligação por estrada entre a cidade de Saurimo e a vila de Cacolo está, desde quinta-feira, cortada devido à substituição de tabuleiros sobre a ponte metálica no rio Luembe, nos arredores da vila de Mona Quimbundo, Lunda-Norte, sob responsabilidade de técnicos do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA).

Obras continuam a ser feitas na via
Fotografia: Flávia Massua|Mona Quimbundo

A ligação por estrada entre a cidade de Saurimo e a vila de Cacolo está, desde quinta-feira, cortada devido à substituição de tabuleiros sobre a ponte metálica no rio Luembe, nos arredores da vila de Mona Quimbundo, Lunda-Norte, sob responsabilidade de técnicos do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA).
Com a interdição da via, assiste-se a longas filas dominadas por camiões carregados de mercadorias e passageiros aflitos, no troço da estrada nacional 230, onde as obras terminam, apurou o Jornal de Angola no local, dentro de 72 horas.
Face a situação, os taxistas tiram proveito da situação, superlotando as viaturas, com passageiros e respectivos haveres.
Para o administrador de Mona Quimbundo, António Jaime, a execução da obras sobre a ponte do Luembe vem dar resposta às preocupações levantadas por automobilistas e outros utentes da via principal que liga a província ao litoral.
 “Acho que o INEA deve realizar trabalho idêntico na ponte sobre o rio Peso,  a cerca de 40 quilómetros, por sinal as únicas de estrutura metálica, nos 140 quilómetros que separam Saurimo de Cacolo e  proceder à respectiva sinalização.”

Tempo

Multimédia