Províncias

Lunda-Sul com novos casos de tuberculose

Camuanga Júlia|Saurimo

O director do Hospital Provincial da Lunda-Sul, Isaac Savumbi, apelou à educação das comunidades para reduzir os níveis de contágio da tuberculose.

Pavilhão de infecto-contagioso da cidade de Saurimo, capital da Lunda-Sul
Fotografia: Camuanga Júlia

O director do Hospital Provincial da Lunda-Sul, Isaac Savumbi, apelou à educação das comunidades para reduzir os níveis de contágio da tuberculose. De Janeiro a Março deste ano, disse, foram registados 956 novos casos, dos quais sete terminaram em morte.
Issac Savumbi disse que os casos de tuberculose têm vindo a aumentar, tendo em conta que no ano passado foram registados apenas 728 casos, que causaram 32 óbitos.  Entre as causas que agravaram o quadro da “doença dos pobres”, o médico destacou a opção pela cura por métodos tradicionais, procura tardia de auxílio médico, pobreza, incumprimento da medicação prescrita e de normas de prevenção para impedir o contágio entre membros da família e da comunidade.
Anulado o “velho argumento” da falta de medicamentos ou seu custo elevado, pela existência de “stoks” suficientes e assistência gratuita dos pacientes, através de uma médica especialista que acompanha todos os pacientes, Isaac Savumbi aconselha aos enfermos o seguimento, a rigor, das orientações médicas a fim de reduzir a propagação do “bacilo de Cock”, e ocorrência de óbitos evitáveis no seio das famílias.
 Carlos Joaquim, um dos pacientes internados há sete dias numa das salas do pavilhão de doenças infecto-contagiosas, enaltece as condições da assistência gratuita ao dispor dos enfermos. Refere que além de consumirem leite ao pequeno-almoço, têm as restantes refeições e destaca a atenção dos médicos na medicação e avaliação cuidadosa dos pacientes.

Tempo

Multimédia