Províncias

Mais casos de violência

João Salvo | Saurimo

A direcção provincial da Lunda-Sul da Família e Promoção da Mulher (DPFPM) registou, durante o segundo trimestre deste ano, mais de 50 casos de violência doméstica.

Estão a ser realizadas palestras para garantir um convívio são nos lares e combater a violência
Fotografia: Jornal de Angola

“Durante o segundo trimestre deste ano registámos mais de 50 casos de violência, dos quais 15 apresentados por crianças”, revelou a chefe de departamento de políticas familiares da DPFPM, Laurinda Lemessa. Na mesma vertente, a directora da DPFPM, Maria Ulumbo, afirmou que a instituição promove, desde o mês passado, palestras sobre a importância do saneamento básico e as normas para um convívio são no lar.
Maria Ulumbo disse que essa empreitada, que tem como grupo alvo os centros médicos e as escolas, visa incentivar as pessoas a manterem a higiene nas suas casas e a boa convivência num lar.
A responsável da DPFPM manifestou preocupação com o índice de mulheres adolescentes grávidas que, na sua óptica, deviam estudar.

Tempo

Multimédia