Províncias

Mais infra-estruturas erguidas em Saurimo

João Salvo | Saurimo

A população de Saurimo, província da Lunda-Sul, estimada em mais de 200 mil habitantes, ganha dentro de 18 meses três empreendimentos sociais, dentre os quais um hospital municipal, com capacidade para 120 camas.

Dos empreendimentos em construção destaque para o hospital municipal e maternidade
Fotografia: Jornal de Angola

A revelação foi feita pela governadora, Cândida Narciso, na cerimónia de colocação da primeira pedra para a construção do referido hospital, nos arredores de Saurimo.
A governadora Cândida Narciso revelou igualmente que uma maternidade com 120 camas será erguida dentro de 18 meses, igualmente nos arredores de Saurimo, com vista a colmatar as dificuldades da população local.
Os habitantes de Saurimo verão ainda, dentro dos 18 meses, asfaltados os 35 quilómetros das vias suburbanas afectas aos bairros Txizaínga I e II, Kandembe, Santo António, Luavur e Verde. Os empreendimentos, a cargo da empresa chinesa SINOHIDRO, estão orçados em 56 milhões de dólares, investidos pelo governo local, no âmbito da cooperação entre a República de Angola e da China.
A governadora da Lunda-Sul  acrescentou que a infra-estrutura sanitária, que será posta à disposição da população, visa reforçar as existentes, com vista ao melhoramento da vida das populações.
Durante a jornada de campo, a chefe do executivo provincial da Lunda-Sul procedeu a inauguração de duas salas de alfabetização destinadas aos vendedores de mercados e outra no bairro Kamanhundo, para fiéis da igreja Kimbanguista.
No discurso de improviso dirigido ás vendedoras, Cândida Narciso precisou que a inauguração de salas de alfabetização reflecte a vontade e a solicitação feita pelas quitandeiras na vertente do ensino.

Tempo

Multimédia