Províncias

Maternidade de Saurimo reforça técnicos e serviços

Flávia Massua| Saurimo

O melhoramento de equipamentos e reforço de técnicos na maternidade do Hospital Central de Saurimo elevou para 3.000 o número de partos realizados de Janeiro a Julho deste ano, contra os 2.000 em igual período em 2009, afirmou a supervisora da área, Antónia Rosa Salumbongo.

O melhoramento de equipamentos e reforço de técnicos na maternidade do Hospital Central de Saurimo elevou para 3.000 o número de partos realizados de Janeiro a Julho deste ano, contra os 2.000 em igual período em 2009, afirmou a supervisora da área, Antónia Rosa Salumbongo.
A supervisora disse que o número inclui 200 cesarianas, além de 560 abortos e a morte de 100 crianças, antes e pós parto devido, entre outras causas, à fraca frequência das grávidas às consultas durante a gestação.
O Hospital Central de Saurimo tem, actualmente, 50 enfermeiros, 14 médicos e 45 camas disponíveis. Entre as várias causas para os problemas durante o período de gestação, a supervisora destacou a tendência das grávidas em abraçarem o tratamento tradicional, a falta de acompanhamento médico e de participação nas palestras de sensibilização realizadas pelos técnicos da maternidade nos centros e comunidades a favor de uma gravidez saudável.

Tempo

Multimédia