Províncias

Maternidade faz mais de 300 partos em adolescentes

  
Um total de trezentos e doze partos em adolescentes foram realizados na maternidade provincial da Lunda Sul, durante o primeiro semestre do ano em curso, informou ontem, em Saurimo, a directora da referida unidade sanitária.


Guilhermina Pereira disse que houve uma redução de 24 partos, em comparação com o período anterior,  tendo registado 183 cesarianas e 12 nados mortos.  A directora da maternidade esclareceu que as cesarianas foram realizadas porque as mães não apresentavam a bacia desenvolvida para permitir a passagem por via baixa do bebé, bem como para evitar complicações de hemorragia. Durante  as consultas pré-natais, as enfermeiras têm passado a mensagem às adolescentes sobre as complicações de uma gestação precoce, bem como cuidados a ter em conta para evitar uma gravidez indesejada.
Guilhermina Pereira aconselhou as adolescentes a evitarem a gravidez precoce, porque podem comprometer os estudos e o futuro.

Tempo

Multimédia