Províncias

Milhares de idosos frequentam aulas

Kamuanga Júlia | Saurimo

O Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE) em curso no país permitiu a inserção de mais de 23 mil pessoas nas salas de aulas, em três módulos, no presente ano lectivo, na cidade de Saurimo.

Cresce o número de idosos nas escolas
Fotografia: Felipe Botelho

O coordenador do PAAE, Gilberto Gambo, disse que desde o princípio das aulas, o sector regista resultados satisfatórios, em relação ao nível de aproveitamento dos alunos, apesar de algumas dificuldades inerentes ao número de alfabetizadores, para auxiliarem os 177 existentes.
A primeira fase de recrutamento de 260 alfabetizadores está em curso, para permitir que em cada aldeia haja um professor a leccionar, disse Gilberto Gambo. A escassez de material didáctico e de transporte, para apoiar os supervisores, são, entre outras, preocupações apontadas pelo responsável do programa de alfabetização na cidade de Saurimo. Gilberto Gambo lamentou a pouca adesão por parte de pessoas do sexo masculino às aulas de alfabetização e apelou à dedicação das mesmas.
As jovens Anita Sapalo, 25 anos, e Esperança Mónica, 30, ambas vendedoras no maior mercado de Candembe, consideram que graças ao programa de alfabetização tiveram a oportunidade de aprender a ler e escrever.
Em função dos benefícios que alcançaram com as aulas, as jovens apelam às colegas do mercado e outras da municipalidade para se inscreverem nos programas de alfabetização e darem o melhor contributo ao desenvolvimento da província e do país.

Tempo

Multimédia