Províncias

Peixe criado em cativeiro é vendido em breve

Flávia Massua | Saurimo

A comercialização do peixe Tilápia-Cacussso, criado em tanques na comuna de Mona Quimbundo  começa a ser comercializado em Junho, informou, ontem, a Direcção Provincial da Lunda Sul da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural.

O projecto é fruto do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Económico e Social (PADES), uma parceria do Governo Provincial e a Sociedade Mineira de Catoca.
O chefe de departamento de pescas da Sociedade Mineira de Catoca, Domingos Fazenda, disse que o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Económico e Social teve início em 2012 e dispõe de um total de 100 tanques, cada um com 200 metros quadrado e capacidade para reprodução de mais de sete mil toneladas de peixe por ano.
Domingos Fazenda garantiu a disponibilidade de pessoal capacitado com técnicas e meios apropriados para prestarem serviço de manutenção aos criadores privados ao nível da província. A vulgarização das técnicas para a criação e reprodução de peixe Cacusso, através de sessões de formação com técnicos  do Brasil e da Zâmbia, suscitou  interesse aos agricultores da região.
“O trabalho está  bem gerido e dentro de três anos temos os 100 tanques a produzir em pleno”, disse Domingos Fazenda, frisando que o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Económico e Social surgiu para ajudar no processo de melhoria de condições alimentares das famílias angolanas.

Tempo

Multimédia