Províncias

Ponte sobre o rio Cassai cedeu ao peso de camiões

Samuel António | Lunda - Sul

A queda da ponte sobre o rio Cassai, que liga as províncias do Moxico e Lunda-Sul, provocada pelo excesso de peso em dois camiões, inviabilizou, desde quinta-feira, a circulação rodoviária  naquele troço.

A queda da ponte sobre o rio Cassai, que liga as províncias do Moxico e Lunda-Sul, provocada pelo excesso de peso em dois camiões, inviabilizou, desde quinta-feira, a circulação rodoviária  naquele troço.
O incidente ocorreu quando as referidas viaturas, ambas carregadas de pedras para as obras de reabilitação do Caminho-de-ferro de Benguela, tentavam transpor a ponte em simultâneo, sem que uma esperasse que outra passasse primeiro.
Fruto do peso de ambos os veículos, a ponte registou um declive, de acordo com testemunhas, que afirmam que o motorista do camião que seguia atrás do outro ficou preso, durante uma hora, devido à posição em que o veículo ficou após a queda da ponte.
A população residente nas proximidades afirma que a estrutura metálica é muito antiga e, em condições normais, já não devia ser utilizada por viaturas com peso superior a dez toneladas. No terreno, devido ao sucedido, registam-se grandes filas de viaturas com diversas mercadorias e de passageiros que tomavam destino para as referidas  províncias.
Muitas pessoas  tiveram de pernoitar no local, apesar das péssimas condições de acomodação. Entre estes cidadãos encontravam-se  mulheres e crianças.

Escassez de combustíveis

A província do Moxico está a viver momentos difíceis devido à escassez de combustíveis e gás, que se regista há quase dois meses, dissera. A queda da ponte acaba por ter uma  influência muito negativa na resolução deste problema, uma vez que os camiões que transportam estes  produtos ficam impedidos de transitar no referido troço.
A ponte sobre o rio  Cassai, saliente-se, une as províncias da Lunda-Sul e Moxico. A referida infra-estrutura  localiza-se na Estrada Nacional 180.

Tempo

Multimédia