Províncias

Ponte sobre rio Cacuilo foi reaberta ao trânsito

Adão Diogo| Cacuilo

A reposição da ponte metálica sobre o rio Cacuilo, no troço que liga as localidades de Xa-miquelengue e Xinje à Saurimo, Lunda Sul, aumenta as opções de circulação de viaturas e pessoas, que até bem pouco tempo utilizavam uma passagem alternativa.

Ministro Manuel Tavares radiografou obras nas vias da região
Fotografia: Adão Diogo |Edição novembro

O trânsito na referida ponte, reaberto domingo pelo ministro da Construção e Obras Pú-blicas, Manuel Tavares, facilita, ainda, a circulação de pessoas e bens, que antes tinham de transitar pela via alternativa restaurada pelo Governo da província, numa parceria com o Projecto Catoca.
A ponte sobre o rio Cacuilo tem 66 metros de cumprimento e 4,20 metros de largura. Com capacidade para suportar uma carga de 40 to-neladas, a reabertura da  infra-estrutura foi aplaudi-da pela população da circunscrição, que vêem agora maior comodidade na circulação do troço.
O trabalho de reabilitação da ponte foi feita por uma equipa do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) baseada no local, que concluiu a empreitada em dez, dos 15 dias previstos.
O ministro Manuel Tavares, que se deslocou de Luanda para Saurimo de helicóptero   avaliou os cerca de 1.050 quilómetros de estrada em reabilitação entre a capital da Lunda-Sul, Saurimo, e a província de Malanje.
Antes de radiografar o es-tado desta rodovia o ministro fez uma breve escala em Xa-muteba, na Lunda-Norte.
 
Situação crítica
A situação crítica constatada na Estrada Nacional 230, invadida por buracos e outros sinais de deterioração, levou o ministro a contactar cinco empreiteiros, entre as quais a "Afa Vias" e uma outra chinesa, para execução da obra na rodovia.
O ministro destacou a necessidade de as empreiteiras contratadas criarem um trabalho inicial de tapa-buracos "para a acomodação do trânsito", enquanto decorrem os preparativos para o arranque de obras de reconstrução efectiva da Estrada Nacional 230, no corredor Malanje/Saurimo-Dundo. O troço entre Saurimo e o Luena, capital do Moxico, também está inserido na empreitada
O governador da Lunda-Sul, Ernesto Kiteculo, considera oportuna a melhoria da via para acelerar a transportação de pessoas e bens em condições de conforto e segurança.

Tempo

Multimédia