Províncias

População do Caluvundo com melhores condições

A da povoação do Caluvundo, município do Camucuio, com 8.586 habitantes, passou a dispor desde ontem de diversas instalações construídas através do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza.

Governo aposta no sector da Saúde
Fotografia: Jornal de Angola

A da povoação do Caluvundo, município do Camucuio, com 8.586 habitantes, passou a dispor desde ontem de diversas instalações construídas através do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza.
Das infra-estruturas inauguradas constam uma escola de seis salas, com capacidade para albergar 420 alunos em dois turnos, três residências para os quadros, apetrechadas com electrodomésticos, posto de saúde e inputs agrícolas.
O vice-governador para a área Técnica e Infra-Estruturas, António Correia, frisou que está programada, para a segunda quinzena deste mês, a conclusão de mais 16 casas evolutivas destinadas à população local e a  abertura de mais furos de água para o abeberamento do gado.
“Um dos objectivos do Governo é o combate à pobreza e o  investimento na educação, visto que o desenvolvimento passa, necessariamente, pela formação do homem”, afirmou.
António Correia procedeu igualmente à entrega de um posto de saúde e de uma residência na localidade do Tchicambi. Além disso, constatou o andamento das obras em curso no município do Camucuio, entre as quais 20 residências para a juventude, biblioteca, escola de 12 salas, sistema de abastecimento de água, iluminação pública e dos centros de produção da Televisão Pública de Angola (TPA), da Rádio Nacional de Angola (RNA) e da representação da agência de notícias Angop.

Tempo

Multimédia