Províncias

Professores incumpridores sem salários

Flávia Massua | Saurimo

Os professores da Lunda-Sul que se furtam a exercer as funções nas localidades onde foram colocados têm os salários suspensos a partir deste mês, anunciou na sexta-feira, em Saurimo, o director provincial da Educação, Isaías Sakajima.

A direcção provincial criou equipas técnicas que trabalham na inspecção e levantamento em todas as instituições escolares do interior da província, para determinar o número de docentes nessa condição.
O responsável local do sector referiu que, enquanto decorre a inspecção, os docentes abrangidos podem inverter a situação, apresentando-se nas escolas onde foram colocados, a fim de iniciarem o trabalho, a partir de Junho.
O secretário provincial da Associação de Professores Angolanos (APA), Carlos Estévão, afirmou que esta medida das autoridades devia ter sido tomada há mais tempo, uma vez que este comportamento de muitos professores tem consequências negativas no ensino.
Em algumas escolas existem salas com mais de 35 alunos, devido à falta de professores, o que contraria o estipulado pela reforma educativa.

Tempo

Multimédia