Províncias

Programa de apoio aos desalojados está a ajudar milhares de famílias

O programa de assistência  multifacetado gizado pelo governo para acudir vítimas de calamidades naturais, durante o ano passado, atenuou o sofrimento de mais de 1.260 famílias desalojadas pelas chuvas torrenciais registadas na província da Lunda-Sul.

Durante o ano passado muitas casas foram destruídas pelas chuvas deixando ao relento milhares de famílias
Fotografia: João Gomes

CAMUANGA JÚLIA|Saurimo
 
O programa de assistência  multifacetado gizado pelo governo para acudir vítimas de calamidades naturais, durante o ano passado, atenuou o sofrimento de mais de 1.260 famílias desalojadas pelas chuvas torrenciais registadas na província da Lunda-Sul.
Num balanço apresentado, na sexta-feira, pelo Corpo de Protecção Civil, a distribuição de alimentos, chapas de zinco, utensílios domésticos,  roupas usadas, entre outros meios, constaram dos bens que as autoridades entregaram às referidas famílias.
No mesmo período, segundo o balanço, foram registados 16 óbitos e prejuízos materiais avaliados em 5,5 milhões de kwanzas, no seio das famílias afectadas pelas calamidades.
Segundo o comandante provincial da Lunda-Sul dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, Jacob Alfredo,  o quadro de sinistros abarca a destruição de uma escola e um campo desportivo, armazéns, igrejas, inundação de campos agrícolas e deslizamentos de terra nos bairros Cauazanga, Verde, Sambuquila e Candembe,  respectivamente, todos nos arredores da cidade de Saurimo. O comandante dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros salientou ainda que a instituição, que conseguiu resgatar sete pessoas com vida, realizou pesquisas que resultaram na identificação de seis zonas de risco.

Tempo

Multimédia