Províncias

Realçado papel das parteiras tradicionais

As parteiras tradicionais desempenham um papel fundamental na assistência às mulheres grávidas e na realização de partos nas comunidades rurais da Lunda Sul,  revelou ontem, em comunicado, Direcção Provincial da Saúde.

A província da Lunda Sul conta com 1.554 parteiras tradicionais, distribuídas por Cacolo, Dala, Muconda e Saurimo. Desta cifra, refere a Direcção Provincial da Saúde, o município de Saurimo conta com 710, Cacolo 303, Muconda 341 e Dala com 200 parteiras tradicionais “que desempenham a tarefa de salvar vidas humanas nas zonas rurais, onde existe défice dos serviços de saúde”. Deste número, indica a Direcção Provincial da Saúde,  709 foram formadas no ano passado e as 845  beneficiaram de uma formação este ano, com vista a melhorarem os serviços prestados às populações.
“Os serviços que as parteiras tradicionais desempenham por vezes com atendimento nas suas próprias casas e sem qualquer remuneração ou compensação, demonstram um espírito patriótico e de solidariedade para com as mulheres”, refere a Direcção Provincial da Saúde.
As parteiras tradicionais, responsáveis por grande parte dos nascimentos nas zonais rurais, têm beneficiado de acções de formação.

Tempo

Multimédia