Províncias

Saúde aposta na formação

O director provincial da Saúde, Costa Maria Samuquinda, disse em Saurimo que a sua instituição vai este ano apostar na formação de quadros, com vista a corresponder às exigências actuais, bem como melhorar a prestação de serviço naquele sector.

Objectivo é diminuir a mortalidade na província
Fotografia: Jornal de Angola

O director provincial da Saúde, Costa Maria Samuquinda, disse em Saurimo que a sua instituição vai este ano apostar na formação de quadros, com vista a corresponder às exigências actuais, bem como melhorar a prestação de serviço naquele sector.
O director, que falava à Angop após a sua tomada de posse, disse que entre as prioridades do seu sector a formação de quadros é a primeira, porque só com quadros capazes se pode velar pela saúde da população.
“O Executivo construiu hospitais municipais e vários postos e centros de saúde em diversos pontos da província, mas a grande preocupação prende-se com a falta de quadros para assistir a estes locais”, sublinhou.
Samuquinda salientou a existência de equipamentos inutilizados nos hospitais, por falta de técnicos capazes de manejá-los. 
“A falta de quadros qualificados tem condicionado, de certa maneira, a boa utilização dos equipamentos que têm custado muito dinheiro aos cofres do Estado. A maior preocupação para este mandato é pôr cobro a este défice”, salientou. A instituição pretende, ainda este ano, expandir e potenciar os serviços primários de saúde na província, disse.

Tempo

Multimédia