Províncias

Shoprite abre supermercado em Saurimo

Kamuanga Júlia | Saurimo

A cidade de Saurimo, Lunda Sul, conta, desde ontem, com um supermercado da rede Shoprite, inaugurado pelo ministro do Comércio, Fiel Constantino, em alusão aos 61 anos da cidade, a ser assinalado a 28 de Maio.

Habitantes de Saurimo têm mais escolhas
Fotografia: João Salvo | Edições Novembro - Saurimo

O ministro disse que os produtos locais têm qualidade para serem comercializados em supermercados de referência do país, referindo que a inauguração de um supermercado da rede Shoprite, além de garantir emprego a jovens, criou oportunidades para que os produtores locais possam comercializar os seus produtos.
As obras do supermercado, localizado no bairro Txizainga, arredores da cidade de Saurimo, tiveram a duração de um ano. O supermercado tem capacidade para atender diariamente mais de duas mil pessoas, dispõe de produtos alimentares, utensílios de cozinha e roupa e garantiu emprego imediato a 300 jovens locais.
O director-geral da Shoprite, Seven Ekkof, sublinhou que a sua empresa conta com duas mil lojas em 15 países africanos, 29 das quais estão instaladas em Angola, onde foram empregados 5.200 jovens e perspectiva abrir 44 supermercados no país até 2019.
Seven Ekkof ressaltou que a Shoprite lançou recentemente um programa de apoio aos pequenos agricultores no país, para garantir melhor qualidade aos bens produzidos pelos camponeses.
A política da empresa, disse, é expandir lojas e apoiar o sector da indústria e agricultura, onde mantém uma rede de 120 fornecedores locais e apoios a 80 agricultores nacionais.
No acto, testemunhado pelo ministro da Hotelaria e Turismo, Paulino Baptista, e pelo arcebispo de Saurimo, D. Manuel Imbamba, a governadora provincial da Lunda Sul, Cândida Narciso, realçou que, com a abertura do supermercado, os empreendedores do ramo agro-pecuário e pescas têm a oportunidade de comercializar os seus produtos sem constrangimentos. O novo supermercado, frisou, torna Saurimo “mais cidade”, além de melhorar a vida das famílias e a economia da província, encurtando a distância antes percorrida pela população para aquisição de produtos a preços baixos.

Tempo

Multimédia