Províncias

Solidariedade com pessoas vulneráveis

Flávia Massua | Saurimo

Pelo menos 50 pessoas que vivem em condições precárias são diariamente alimentadas pelo Governo Provincial da Lunda Sul, através de uma cozinha comunitária instalada no bairro Txizaínga, periferia de Saurimo, próximo ao Mercado do Adolfo.

A cozinha, criada no ano passado, tem equipamento industrial, refeitório, dois balneários e garantiu emprego a dez pessoas que confeccionam e servem diariamente as refeições.
Em declarações ao Jornal de Angola, a directora provincial da Lunda Sul da Assistência e Reinserção Social, Natália Iculo, considerou fundamental a iniciativa do Governo Provincial, que visa garantir às pessoas necessitadas, alimentos em quantidade suficiente.
Natália Iculo revelou que acções do género fazem parte de um programa que vai levar cozinhas comunitárias a todas as sedes municipais e comunais, mas a sua materialização carece também de uma colaboração por parte de empresários, a fim de garantir uma cobertura maior.
Os idosos Txamuta Itala e Bernardo Gafanhoto fazem diariamente as refeições na cozinha comunitária instalado pelo Governo Provincial . Eles contam que deixaram de mendigar para comer.

Tempo

Multimédia