Províncias

Sombo com melhores infra-estruturas

João Salvo | Saurimo

A comuna do Sombo, na província da Lunda-Sul, ganhou vários empreendimentos sociais, nos últimos dias, com destaque para a implantação de oito casas geminadas, posto policial, centro médico.

As casas fazem parte do programa de melhoramento da oferta de serviços nas aldeias
Fotografia: M.Machangongo

A comuna do Sombo, na província da Lunda-Sul, ganhou vários empreendimentos sociais, nos últimos dias, com destaque para a implantação de oito casas geminadas, posto policial, centro médico, escola e um sistema de fornecimento de água potável e energia eléctrica.
As infra-estruturas, disse o administrador local, André Txicolassonhi, enquadram-se na melhoria da oferta de serviços a nível das aldeias, bairros e comunas daquela parcela da Lunda-Sul.
O administrador ressaltou a atribuição do crédito de campanha agrícola para cinco associações de camponeses, o que está a aumentar a produção de alimentos a nível da província. O soba do Sombo, Victor Muakongolo, nota que a imagem actual da vila difere do cenário de escombros herdado da guerra, em 2002.
Victor Muakongolo apela ao Governo Provincial a investir na expansão dos sinais dos serviços de telefone móvel e na recuperação dos mais de 170 quilómetros de terra batida, para facilitar a circulação de pessoas e bens entre a sede comunal e provincial.
 A aldeia de Kazar, a cerca de 60 quilómetros de Saurimo, beneficiou também de um posto de saúde, com capacidade para atender 20 pacientes por dia.
O empreendimento, erguido em 12 meses, comporta duas salas para observação e atendimento, farmácia e casas de banho e custou mais de 20 milhões de kwanzas.

Tempo

Multimédia