Províncias

Técnicos da Saúde com mais valências

As autoridades sanitárias dos municípios de Cacolo, Dala, Muconda e Saurimo, na província da Lunda Sul, apostam na melhoria do processo de diagnóstico e tratamento da malária, com vista a diminuição dos casos de mortes pela doença, informou ontem a Direcção Provincial da Saúde.


Para isso, a formação contínua dos técnicos é uma das estratégias adoptadas pelos responsáveis do sector. Ontem mesmo, um grupo de 20 profissionais terminou com êxito um seminário sobre o diagnóstico e tratamento do paludismo.
Promovida pela Direcção Provincial da Saúde na Lunda Sul, em colaboração com a Direcção Nacional da Saúde Pública, a acção formativa, que visou actualizar os técnicos sobre a nova forma de tratamento da malária, durou cinco dias.
Durante a formação, os técnicos abordaram temas relacionados com as consultas externas, administração dos antibióticos, tipos de malária, estudo dos resultados laboratoriais e diagnóstico rápido.
/>Saneamento básico

O chefe de departamento Gomes Chipilica, pediu aos técnicos para porem em prática os conhecimentos adquiridos durante a formação, passando a experiência para aqueles que não tiveram a oportunidade de participar.
Gomes Chipilica salientou que a malária é uma das primeiras causas de mortalidade em Angola, daí a necessidade de os técnicos estarem permanentemente actualizados, a fim de prestarem um serviço completo, com qualidade e humanizado aos pacientes.
Gomes Chipilica apelou à população da região para contribuir no combate à malária, cumprindo as medidas de prevenção, como o uso do mosquiteiro, melhoramento do saneamento básico e eliminação dos charcos de água.

Tempo

Multimédia