Províncias

Violência doméstica diminui na província

João Salvo | Saurimo

A divulgação da Lei contra a violência doméstica e outras iniciativas semelhantes, provocou uma mudança de mentalidade nas famílias, provocando a redução de 600, em 2010, para 370 casos, no ano passado, afirmou na segunda-feira, em Saurimo, a directora provincial da Lunda-Sul da Família e Promoção da Mulher, Maria Peso Cambolo.

A divulgação da Lei contra a violência doméstica e outras iniciativas semelhantes, provocou uma mudança de mentalidade nas famílias, provocando a redução de 600, em 2010, para 370 casos, no ano passado, afirmou na segunda-feira, em Saurimo, a directora provincial da Lunda-Sul da Família e Promoção da Mulher, Maria Peso Cambolo.
 “Penso que as pessoas estão a resolver os seus problemas sem recorrem à violência”, referiu a responsável, que aspira por um quadro cada vez mais tranquilo, para permitir um convívio harmonioso das famílias e membros das comunidades. Maria Peso Cambolo adiantou que o seu sector vai continuar a privilegiar, este ano, a formação de conselheiros, para expandirem os programas de educação cívica, a partir da criação de centros de aconselhamento no interior da província, incutindo a cultura de denúncia de casos de violência doméstica, além da formação de jovens casais.    

Tempo

Multimédia