Províncias

Maior prevenção foi aconselhada

O coordenador da Associação dos Jovens Unidos na Luta Contra a Sida (AJUSIDA), Paulino Mango Mucanda, realçou ontem, na cidade do Cuito, que a sociedade, mormente os jovens, continue a valorizar as normas de prevenção da Sida, de forma a prevenir-se a disseminação da doença.

Em declarações à Angop, o activista sublinhou que a AJUSIDA observa com preocupação o facto de haver pessoas que não aceitam o uso de preservativo.
Entre as normas de prevenção da Sida, frisou Paulino Mango Mucanda, fazem parte o uso da camisinha, a fidelidade conjugal, abstinência sexual, não uso de material cortante sem estar desinfectado, entre outras.
A AJUSIDA, na província do Bié, vai continuar a sensibilizar sobre o VIH/Sida e outras infecções de transmissão sexual, no quadro das estratégias do Governo de redução dos índices de propagação da pandemia.
Na província do Bié, de Janeiro a Setembro, os centros de testagem voluntária registaram 612 novos casos da doença, num universo de 37.226 testes. Em 2014, foram testadas na região 63.513 pessoas (gestantes, adultos e crianças), sendo 1.050 com resultados positivos.

Tempo

Multimédia