Províncias

Mais apoios ao sector da Saúde

Maximiano Filipe

A Direcção Provincial da Saúde de Benguela intensificou as medidas de combate à malária no município da Ganda  nos últimos três meses,  onde  as pessoas da facha etária dos zero aos 15 anos de idade,  mulheres grávidas  são as mais afectadas.

Segundo o chefe da repartição da Saúde da Ganda, Albano Weia, cerca de 15 a 25 pacientes são atendidos por dia nas unidades sanitária das comunas, e no hospital central do município.
“ A proliferação da malária  no município da Gana resulta da falta de observação, por parte da maioria da população,  dos métodos de prevenção contra a doença”, disse Albano  Weia.
Albano Weia disse ainda  que a população da Ganda  não tem a cultura  de  fazer consultas de rotina,  “e como se não bastasse a maioria usa incorrectamente os mosquiteiros,  vive em áreas circundadas por bastante capim , lixo e charcos de água, pelo que  se deve intensificar as campanhas de sensibilização sobre os métodos de prevenção da doença” .
 Ante  ao estado alarmante da doença na localidade,  a Direcção Provincial da Saúde realizou quarta - feira um encontro com  técnicos  treinados para o programa de combate à malária na Ganda,  com vista ao reforço  da estratégia de prevenção desta doença que assola  um nú­mero significativo de populares nas comunidades do do município.   

Tempo

Multimédia