Províncias

A região planáltica do Nordeste de Angola

Sérgio V.Dias|

Com uma superfície territorial de 93.302 quilómetros quadrados, a província de Malanje situa-se no Nordeste de Angola.

Mapa da Região planáltica de Malanje
Fotografia: Arquivo

Com uma superfície territorial de 93.302 quilómetros quadrados, a província de Malanje situa-se no Nordeste de Angola. É limitada a Norte pelo Uíge e pela República Democrática do Congo (RDC), a Sul pelo Bié, a Leste pela Lunda-Norte e  a Lunda-Sul, a Oeste pelo Kwanza-Norte e o Kwanza-Sul, designadamente.
No universo das dezoito províncias do país, Malanje surge em terceiro lugar em termos de dimensão geográfica, logo a seguir ao Kuando-Kubango e ao Moxico.
No que diz respeito às coordenadas geográficas extremas, vale frisar que são de 7º 38’ e 13º 38’ de latitude Sul e 16º 10’ e 18º 32’ de longitude Este. Esta região planáltica do Nordeste de Angola agrega na sua circunscrição catorze municípios, nomeadamente a sede, que ostenta o mesmo nome, Cacuso, Kalandula, Caculama, Cangandala, Kambundi-Katembo, Quela, Cahombo, Kiwaba-Nzoji, Massango, Marimba, Luquembo, Quirima e Kunda-dia-Base.
Existem em Malanje diferentes grupos etno-linguísticos como “kimbundo”, “bângalas”, “bondos” e “songos”, que ocupam a parte centro e o Sul da província. Há ainda os “gingas” que ocupam a parte Norte da região.
Há, também, a destacar a existência de outros grupos etno-linguísticos, como os “umbundos”, “kiokos” e os “suelas”, que ocupam a parte planáltica da província.
O clima de Malanje é tropical húmido mesotérmico, tendo temperaturas médias anuais que rondam entre os 20 e os 25º C. O mês mais frio é o de Junho, com uma média anual de 21º, ao passo que em Março e Abril regista-se o período mais quente, com cerca de 25º.
Ao longo do ano, registam-se duas estações: a chuvosa, que abarca nove meses (de 15 de Agosto a 15 de Maio), e a do cacimbo, que vai de 15 de Maio a 15 de Agosto.

Recursos naturais

A província de Malanje tem vários minerais, como  manganês, cobre, ferro, diamantes, granito, calcário e radioactivos. É rica ainda em recursos hídricos, visto que é banhada por muitos rios e riachos de caudal permanente, além de inúmeros lençóis de água profunda. Tem ainda muitos lagos e lagoas.

Atractivos turísticos

Quanto ao lazer, é de realçar o facto de a natureza, nesta província, ter proporcionado aos seus habitantes pontos turísticos bastante atraentes, casos das famosas Quedas de Kalandula, das Pedras Negras de Pungo Andongo, dos Rápidos do Kwanza e de outras.
A convidativa Baixa de Cassange e o Parque Nacional de Cangandala, onde se pode encontrar a imponente Palanca Negra Gigante, assim como as cataratas do Porto Condo, em Kangandala, são outros pontos de referência turística de Malanje.

Tempo

Multimédia