Províncias

Aberta nova universidade na província de Malange

A Universidade Privada de Malange (UPRIMA), do grupo empresarial Freimar, entra em funcionamento em 2013 e não, como estava previsto, no corrente ano, devido a constrangimentos que condicionaram as obras de construção do edifício.

A Universidade Privada de Malange (UPRIMA), do grupo empresarial Freimar, entra em funcionamento em 2013 e não, como estava previsto, no corrente ano, devido a constrangimentos que condicionaram as obras de construção do edifício.
 A informação foi avançada sexta-feira pelo presidente do Conselho de Administração da Freimar, Marcos da Fonseca, esclarecendo que a inauguração da UPRIMA estava prevista para 11 deste mês, inserida no 37º aniversário da Independência Nacional, mas deve apenas realizar-se em Janeiro de 2013.
 O responsável disse que a unidade orgânica não entrou em funcionamento este ano porque a direcção da empresa decidiu alargar algumas áreas, para se conferir maior dignidade e comodidade aos docentes e discentes.
 Neste sentido, disse, foi aumentado para 28 o número de salas e para 30 o de residências para professores e estudantes internos, das 15 previstas, entre outras melhorias, como mais um posto médico.
 As obras têm uma execução física na ordem dos 85 por cento, o que dá garantias da sua conclusão no final deste ano e inauguração em Janeiro próximo.  A UPRIMA vai leccionar os cursos de Economia, Hotelaria e Turismo, Direito, Agronomia e Construção Civil, e conta com professores nacionais, cubanos e portugueses.
 A par da UPRIMA, o grupo Freimar está também a construir em Malange, entre outras infra-estruturas, a sede para um banco comercial, denominado “Pungo Andongo”, uma escola de formação de marimbeiros e uma fábrica de produção de fuba de bombó.

Tempo

Multimédia