Províncias

Administração municipal de Caculama aposta em projectos de impacto social

Sónia Maria |Caculama

A Administração Municipal de Caculama vai apostar, este ano, em novos projectos de impacto social, como a abertura de novos furos para reforçar  a rede de distribuição e abastecimento de água potável às populações, principalmente na época seca, e construção de mais escolas e hospitais.

Distribuição de água consta das prioridades
Fotografia: Jornal de Angola|

A Administração Municipal de Caculama vai apostar, este ano, em novos projectos de impacto social, como a abertura de novos furos para reforçar  a rede de distribuição e abastecimento de água potável às populações, principalmente na época seca, e construção de mais escolas e hospitais.
De acordo o administrador municipal, Miguel Serrote Gio, a intenção da administração é abrir dez furos nos bairros de Camalenda, Calóló, Buco, Bulo, Catreze, Cajiza, Clemente Kitombe para que as populações deixem de percorrer distâncias longas à procura de água.
O administrador destacou as obras de conclusão de oito casas para os funcionários da Administração Municipal, construção de cantinas escolares, aquisição de um tractor com alfaia para agricultura, material de limpeza, carpintaria, serralharia, 100 chapas
de zinco para construção de latrinas, ferramentas agrícolas e um gerador de 600 KV.
No âmbito do Programa de Gestão Municipal, a Administração Municipal de Caculama construiu ainda  duas cozinhas comunitárias, dois postos de saúde, um em Catala e outra no sector do Xissa e uma casa para aos enfermeiros.
A administração adquiriu  igualmente um tractor ligeiro para desinfestar os charcos de formas a impedir a reprodução e propagação do mosquito que transmite a malária no município.
Durante o ano passado, foram ainda adquiridos medicamentos e material gastável destinado a apoiar as campanhas nacionais de vacinação, construção de campos desportivos, um posto de saúde no sector do Catala e a colocação de sistema fotovoltaico.
Em Caculama estão a ser construídas quatro escolas com seis salas cada, nas localidades de Quissua Caca, Dungo, Muanha Teca e Bairro Teca, sala de partos, construção de seis salas anexas à escola 304, construção de três habitações para os técnicos de saúde no bairro Zungue, comuna de Caxinga.
O administrador disse que o município se debate com  a falta de quadros qualificados na área da Saúde, o que tem causado dificuldades no funcionamento do Hospital Municipal de Caculama.
 O sector da educação, disse o administrador Miguel Serrote, está melhor servido com o enquadramento dos professores do concurso de 2008. Elegeu como prioridade para este ano a construção de lavandarias e balneários públicos na sede municipal, construção de um centro cultural para a juventude, um parque infantil e campos desportivos nas comunas.
O administrador está preocupado com o mau estado das vias de acesso que ligam alguns bairros à sede municipal.

Tempo

Multimédia