Províncias

Agentes empenhados no combate à malária

Agentes comunitários de saúde e populares do município de Cambundi-Catembo, a cerca de 185 quilómetros a sul da cidade de Malanje, foram instados a trabalhar, activamente, para a prevenção e tratamento de casos de malária.

Agentes aconselharam a população a dormir debaixo de redes mosquiteiras
Fotografia: Dombele Bernardo

Ao dissertar numa palestra sobre Técnicas de Higiene na Comunidade, o supervisor de campo da empresa Soluções Higiene e Saúde (SHS), Jeremias Francisco, realçou a necessidade dos agentes e munícipes empenharem-se na promoção da saúde entre a comunidade, visando a prevenção de doenças, sobretudo o paludismo e as diarreicas.
Particularizou a necessidade de sensibilizar-se a população a dormir debaixo de redes mosquiteiras, a depositar o lixo em locais apropriados e a eliminar as águas paradas como forma de evitar a proliferação de mosquitos.
A directora Técnica Assistencial da SHS, Salene Cristina, encorajou os assistentes a cumprirem as orientações, com vista a diminuir a taxa de morbi-mortalidade. Os participantes foram  alertados para a importância do tratamento da água para beber, da vacinação e das consultas pré-natal, o fabrico do soro caseiro e a obrigatoriedade da lavagem das mãos.
No final da palestra, famílias cadastradas beneficiaram da distribuição de 120 litros de lixívia, enquanto mulheres grávidas e crianças, menores de cinco anos, foram vacinadas. A SHS opera em Malanje desde 2013, na implementação de programas de saúde junto de comunidades.

Tempo

Multimédia