Províncias

"Água para todos" beneficia milhares

Venâncio Victor| Malange

O projecto "Água para todos", de âmbito nacional, lançado pelo Executivo angolano, contribui significativamente para a melhoria das condições de vida das populações do município turístico de Cacuso, a 72 quilómetros a oeste da sede provincial de Malange.

O projecto "Água para todos", de âmbito nacional, lançado pelo Executivo angolano, contribui significativamente para a melhoria das condições de vida das populações do município turístico de Cacuso, a 72 quilómetros a oeste da sede provincial de Malange.
A constatação foi feita pelo governador provincial de Malanje, Boaventura da Silva Cardoso, durante a visita que efectuou à localidade e que visou inaugurar o novo sistema de captação e distribuição de água potável às populações locais.
Construído no âmbito do programa de combate à fome e à redução da pobreza, o empreendimento custou 28 milhões de kwanzas aos cofres do Estado, estando desta forma concluída a primeira fase de distribuição de água potável às populações. Segundo o administrador municipal adjunto de Cacuso, Garcia Alves, actualmente perto de 800 mil habitantes já beneficiam de água potável.
Garcia Alvez disse que o projecto “Água para todos” tem vindo a propiciar também o desenvolvimento sócio-económico da região. Antes as pessoas percorriam longas distâncias em busca do precioso líquido.
A segunda fase do projecto, avaliado em 22 milhões de kwanzas e que comporta as ligações domiciliárias, deve contemplar as localidades de Catenda de Baixo, Britas, Gajajeira, entre outros do município de Cacuso.
Enquanto é aguardado o segundo turno do projecto, a distribuição de água nas comunidades é feita mediante recurso aos camiões cisternas, que circulam quase todos os dias na vila de Cacuso, conforme apurou o Jornal de Angola.

Tempo

Multimédia