Províncias

Brigada Jovens Solidários tem um núcleo em Malanje

Alberto Domingos| Malanje

A Brigada Jovens Solidários de Angola, uma organização filantrópica, abriu ontem um núcleo na província de Malanje, constituído por mais de 20 membros, liderados por Telma Pitagrós.

Durante o acto, o vice-governador de Malanje para o Sector Político e Social, Manuel Campos, considerou “frutífera” a abertura de um núcleo daquela associação na província de Malanje e  apelou aos jovens a não aderirem às campanhas de desordem e que atrapalham a tranquilidade pública no país.
Os jovens, prosseguiu Manuel Campos , devem estar unidos para defender uma causa e trabalharem no espírito da solidariedade e ajuda mútua e evitarem sempre as campanhas de desordem que são incitadas por várias organizações.
A doação de sangue, uma das actividades mais desenvolvida pela Brigada Jovens Solidários, constitui uma das maiores demonstrações de amor ao próximo e união entre os angolanos, reconheceu Manuel Campos.
A secretária provincial da Brigada Jovem Solidários em Malanje, Telma Pitagrós, afirmou que a abertura de um núcleo daquela organização na província traduz a força e a vontade dos jovens em quererem ver uma Angola melhor e próspera.  As nossas acções, prosseguiu a ­responsável, vão estar viradas para a doação de bens aos centros de a­colhimento, as unidades hospitalares e outras instituições que estiverem a necessitar de  apoio.
Telma Pitagrós realçou que as acções da sua organização em Malanje não vão estar concentradas apenas ao município sede, vão se estender também para as zonas mais recônditas da província.
Daqui em diante, disse, vamos começar também a trabalhar com as crianças dos restantes municípios da província, sobretudo aquelas que se encontram mais distantes. Na visão de Telma Pitagrós, dar sangue é dar vida, daí que a Brigada Jovens Solidários vai concentrar mais as suas acções na doação de sangue.
Depois da cerimónia de tomada de posse  dos responsáveis de direcção, os membros da Brigada Jovens Solidários foram doar sangue no Hospital Geral de Malanje. No acto, o responsável pela Área de Hemodiálise do Hospital Geral de Malanje, João Daniel, disse que a doação vai ajudar a minimizar algumas dificuldades que se vivem naquela unidade sanitária.
João Daniel mostrou-se contente com o gesto dos jovens, pois acções do género nunca tinham ocorrido na província. O responsável pediu aos demais jovens a seguirem o  gesto, para contribuírem para o salvamento de  vidas.

Tempo

Multimédia