Províncias

Cacuso tem lar para crianças abandonadas

Eduardo Cunha | Malanje

O município de Cacuso vai contar com um centro de acolhimento de crianças órfãs e abandonadas, cujas obras, em estado avançado, foram avaliadas pelo governador de Malanje, Norberto dos Santos "Kwata Kanawa".

Fotografia: DR

O lar pertencente à Igreja Católica vai acolher igualmente adolescentes e jovens de diferentes municípios da província, com o propósito de serem capacitados profissionalmente e responderem aos desafios da sociedade.
Kwata Kanawa considerou ser necessário dotar os jovens de conhecimentos técnicos, que lhes permitam desempenhar uma profissão, visando o desenvolvimento das comunidades. Assegurou que a materialização de tal desafio passa pela conclusão das obras e a melhoria da via de acesso ao lar, bem como garantir tranquilidade e segurança às crianças que vão frequentar o local.
O empreiteiro da obra, Manuel Mangueira, disse que estão em curso a execução de seis obras, nomeadamente da igreja, a casa para os padres, uma casa dos professores, um centro de formação profissional, o refeitório e o internato. “Estamos numa fase de execução acima dos oitenta por cento e pensamos entregar esta obra logo no mês de Maio”, realçou. A escola conta com oito salas de aula, uma sala destinada a obras e ofícios, instalações sanitárias, área administrativa, além de uma sala para os professores.

Tempo

Multimédia