Províncias

Centenas de jovens aptos para o mercado de emprego

Luísa Victoriano| Malange

Um total de 650 jovens, dos 900 matriculados no Centro de Formação Profissional, em Malange, estão, desde sexta-feira, aptos a ingressar no mercado de trabalho, depois de terem frequentado cursos de várias especialidades.

 
Um total de 650 jovens, dos 900 matriculados no Centro de Formação Profissional, em Malange, estão, desde sexta-feira, aptos a ingressar no mercado de trabalho, depois de terem frequentado cursos de várias especialidades.
A formação, que teve a duração de nove meses, decorreu no Centro Integrado de Emprego e Formação Profissional, localizado no bairro da Maxinde e nos Pavilhões de Artes e Ofícios, através de viaturas de oficinas de mecânica e carpintaria, nos municípios de Calandula, Cangandala, Kiwaba-Nzonji, Caculama e Quela.
Durante a formação, os jovens também receberam, formação nas especialidades de alvenaria, corte e costura, decoração, informática, canalização, agricultura, electricidade e mecânica.
O director em exercício da direcção provincial de Administração Publica, Emprego e Segurança Social, Paulo Nzumba, agradeceu a dedicação e empenho dos formandos durante o período da formação.
 Além disso, pediu aos parceiros sociais na província para colaborarem na inserção dos jovens no mercado de trabalho, para reduzir o elevado número de desempregados existente no país, assim como erradicar a delinquência e a prostituição.
Na cerimónia de encerramento, o governador em exercício, António David Dias da Silva, ao destacar a importância da formação, afirmou que as acções formativas vão contribuir para o desenvolvimento económico e social da província.
Reafirmou ainda que o Governo angolano tem vindo a implementar políticas públicas geradoras de emprego, no âmbito do Programa Nacional de Emprego e Formação Profissional, com o objectivo de maximizar e diversificar as oportunidades de empregos.

Tempo

Multimédia