Províncias

Cidade de Malanje sem água potável

Luísa Victoriano | Malanje

A cidade de Malanje está, desde terça-feira, privada do fornecimento de água potável, devido a uma ruptura na rede de canalização, disse, ao Jornal de Angola, o responsável da área de comunicação e imagem da Empresa Provincial de Água e Saneamento.

Técnicos garantem que trabalhos na canalização terminam hoje
Fotografia: Edições Novembro

Manuel Gregório explicou que a ruptura se deve ao desgaste do equipamento, tendo assegurado que os trabalhos de reposição do mesmo terminam hoje.

“Trata-se de uma ruptura da adutora de 400 milímetros de diâmetro, que permite a canalização e o abastecimento de água a partir da estação de tratamento até ao sistema de distribuição”, explicou.
É de salientar que a cidade de Malanje vai contar, nos próximos tempos, com um novo sistema de abastecimento e tratamento de água, com uma produção de 173 litros por segundo, a partir do rio Cuije, cerca de 20 quilómetros da sede provincial.
A construção do referido sistema vai estar a cargo do Ministério da Energia e Águas, em parceria com a Direcção Nacional das Águas, podendo beneficiar mais de 390 mil habitantes.
O empreendimento vai reforçar o actual sistema de abastecimento de água à po-pulação da cidade de Malanje e atender a procura para os próximos dez anos, abrangendo as zonas periféricas. O novo sistema de abastecimento e tratamento de água vai contribuir igualmente para o alargamento da rede de distribui-
ção, aumento de ligações do-miciliares em vários pontos da capital da província de Ma-lanje e sedes municipais, co-munas e aldeias.

Tempo

Multimédia