Províncias

Curso nocturno com limitações

Venâncio Victor | Malanje

A Escola Superior Politécnica de Malanje (ESPM) está sem vagas disponíveis para estudantes que queiram frequentar  pela primeira vez  neste ano académico o período pós-laboral, por falta de salas de aula, lamentou sexta-feira o director-geral.

Estudantes que enveredaram por esta prática vão ser responsabilizados judicialmente
Fotografia: Eduardo Cunha|Malanje

Francisco Quimbanda anunciou que a instituição vai funcionar com três periodos lectivos, mas as aulas nocturnas estão reservadas apenas para os estudantes que já frequentam a escola.
O director-geral da ESPM explicou que, para minimizar a  carência de espaço, o Governo Provincial de Malanje disponibilizou, a título provisório, algumas salas de uma escola secundária.
Até sexta-feira, último dia de inscrição para os exames de acesso, a ESPM tinha recebido mais de duas mil candidaturas para 175 vagas, num processo iniciado a 11 deste mês.
Os exames de acesso decorrem entre os dias 6 e 7 de Fevereiro. Os apurados podem matricular-se nos cursos de Matemática, Pedagogia, Psicologia, Sociologia e Hotelaria e Turismo.
No acto de apresentação, os candidatos devem ser portadores de documentos de identificação válidos e certificados autênticos. Após os testes de admissão, a escola vai verificar a autenticidade dos documentos.  Até agora foram detectados 20 certificados falsos, maioritariamente do terceiro ano lectivo. “O Ministério do Ensino Superior já está ao corrente da situação e os implicados no crime podem ser responsabilizados judicialmente, nos próximos dias”, disse Francisco Quimbanda.
O director-geral esclareceu que a instituição tem a missão de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino superior na região. A ESPM licenciou no ano passado 136 finalistas. O corpo docente é constituído por 88 professores, dos quais 16 são cubanos. Além da ESPM, a província de Malanje possui uma Faculdade de Medicina e um Instituto Superior Politécnico com 50 e 80 vagas para o novo ano lectivo, respectivamente. 
O número de vagas na Faculdade de Medicina de Malanje, adstrita à Universidade Lueji-a Nkonde, foi estabelecido com base nas reprovações registadas no ano passado. Outro aspecto que pesou sobre o número de vagas tem a ver com o facto de haver apenas 19 salas de aula, algumas das quais no Hospital Regional de Malanje. O vice-decano para os assuntos académicos, Edson Alfredo, revelou que os exames de admissão começam a 2 de Fevereiro, enquanto que o prazo de matrícula vai de 16 a 25 do mesmo mês. O Instituto Superior Politécnico de Malanje (ISPM) vai disponilizar metade das 80 vagas para os cursos de Enfermagem e Farmácia.
Até sexta-feira estavam inscritos cerca de 420 candidatos, que devem realizar os exames de acesso a partir do dia 2 do próximo mês, revelou o vice director-geral para os assuntos académicos, Joaquim Sito.O registo de matrículas para os estudantes apurados nos testes de admissão é efectuado nos dias 22 e 23 de Fevereiro. O ISPM tem dez salas de aula e um corpo docente composto por 45 professores, dos quais 35 são de nacionalidade cubana.

População recebe apoio

As 17 famílias pertencentes à comunidade de catangueses na aldeia de Camatende, fustigadas pela chuva, receberam no sábado auxílio material. 
O  donativo entregue à população pelo Comité  do MPLA, em colaboração com o governo de Malanje, é composto por chapas de zinco, instrumentos de trabalho, roupa usada e material didáctico.
O vice-governador provincial para o sector Político e Social, Manuel Campos, referiu que estes bens minimizam as dificuldades da população, que perdeu os seus haveres em consequência das intempéries.
Manuel Campos incentivou os habitantes de Camatende a cultivarem a terra, tendo a conta a importância da agricultura como meio de subsistência e factor de desenvolvimento económico, mas a comunidade apenas possui meios rudimentares.
O vice-governador  para o sector Político e Social destacou também a importância do ensino para as crianças e adolescentes, bem como a alfabetização de adultos.

Tempo

Multimédia